Trata-se de uma disciplina de Budô (origem japonesa) e classifica-se como a arte de neutralizar um ou vários adversários, com ou sem armas e sem magoar ou ferir outrem, conduzindo a força do adversário de forma controlada e harmoniosa.

A tomada de consciência do corpo (interiorização), a intenção no movimento, a harmonia (em diferentes escalas), a não-violência e a noção de centro (estado de consciência) são alguns dos elementos indispensáveis para a prática do Aikido.

A aprendizagem das técnicas de projeção e de imobilização para além da sua vertente objetiva são também um excelente meio para estudar a postura, a presença, a distância, o espaço/tempo e os "alinhamentos lineares e não lineares".

 

A sua prática é aconselhada a todos, independentemente da idade, desde que orientada pedagógica e tecnicamente em função das características e objetivos do respetivo grupo e escalão etário.

Na Escola de Desportos de Combate do EULisboa, existem classes de Aikido a partir dos 14 anos de idade.

Trata-se de um meio simbólico de representar o nível de conhecimento técnico, a aquisição e interpretação dos valores inerentes à prática desta disciplina.

O sistema de graduações conta com seis graus prévios ao grau de mestria (cinto negro), designados por Kyus ou graus de aprendizagem.

Para a experimentação da modalidade é necessário calças de fato de treino, t-shirt ou sweatshirt e chinelos para circular entre o balneário e o tatami.

Para a prática regular da modalidade é imprescindível o uso do Keikogi ou Kimono - composto por casaco + calças de cor branca + cinto de tecido forte/resistente - cuja cor varia consoante a graduação (nível de conhecimentos) e chinelos para circular entre o balneário e o tatami, 

O Keigogi tem as mesmas características de um fato de Judo (Judogi): é de algodão (100%) e com as lavagens encolhe (principalmente com a 1ª), pelo que é aconselhado a compra de um tamanho um pouco maior. Vende-se nas lojas de artes marciais/desporto e o seu preço varia consoante a qualidade e o tamanho.