Numa parceria entre o Estádio Universitário de Lisboa e o Sporting Clube de Portugal, surgiu uma aposta forte na modalidade de Rugby, garantindo-se um crescimento sustentado, quer em termos quantitativos, quer em termos qualitativos.

As aulas têm 2 vertentes: uma voltada para a atividade física desportiva (fazendo parte dos objetivos da Escola de Desportos Coletivos do EULisboa) e outra para a competição (fazendo parte dos objetivos do Sporting Clube de Portugal).

Os objetivos definidos relativamente aos alunos são transversais em todos os escalões, sendo especificamente condicionados pela adequação da complexidade das tarefas ao nível etário e à fase de aprendizagem dos alunos. Deste modo, a procura-se:

  • Desenvolver a capacidade de relacionamento dos alunos com o treinador e com os colegas;
  • Desenvolver a capacidade de compreensão do jogo de rugby e das tarefas inerentes aos jogadores que nele participam;
  • Promover o desenvolvimento das capacidades condicionais e atributos técnico-táticos que permitam aos alunos a participação ativa no jogo.

Valores do Rugby

Pretendemos que todos os intervenientes nos jogos de rugby – o jogador, o treinador, o árbitro, os dirigentes, o pai/mãe ou espectador – apoiem os valores desta modalidade – superação, respeito, solidariedade, transparência e rigor.

Código de Conduta

  • Jogar pelo prazer, jogar com alegria e divertir-se a jogar;
  • Jogar em equipa e de acordo com as Leis de Jogo;
  • Nunca discutir com os árbitros e aplaudir sempre os adversários: formar o corredor;
  • Compromisso com a equipa: ir a todos os treinos e jogos.
  • Liderar pelo exemplo.
  • Dar a todos os jogadores as mesmas oportunidades de jogar.
  • Reforçar positivamente as acções dos jogadores.
  • Respeitar o árbitro – sempre!
  • Valorizar o “Fair-Play” e a disciplina.
  • Deixar que sejam os jogadores a jogar e a tomar decisões durante os jogos
  • Ser um exemplo para os jogadores.
  • Deixar que os jogadores joguem o seu jogo… não o nosso.
  • Elogiar o esforço e o progresso na aprendizagem, não os resultados.
  • Aplaudir as duas equipas.
  • Reconhecer o esforço do árbitro e ser positivo com o árbitro.